Plano de Ensino e Plano de Aula.

Plano de Ensino e Plano de Aula.

 

 Plano de Ensino:

Plano de ensino é um documento elaborado pelos departamentos da sua faculdade para cada disciplina que você cursa. Nele, estão discriminados:

  • ementa: é um resumo curto sobre o motivo da existência da disciplina. Ela não pode ser alterada.
  • conteúdo programático: é mais longo e dividido em tópicos. Nele, devem estar expostos todos os assuntos abordados pela disciplina.
  • objetivos: deve detalhar as capacidades apreendidas pelo aluno após o término da discplina.
  • bibliografia: livros e textos de apoio que deverão ser utilizados.
  • método de avaliação: deve informar quais serão os critérios do professor para avaliar se os alunos apreenderam o conteúdo.                                                                            

 

Plano de Aula:

 

É um documento caracterizado pela descrição específica de tudo que o professor realizará em classe durante as aulas de um período específico.

Na sua elaboração alguns pontos são muito importantes como:

• Dados de identificação do professor e da escola;
• Os objetivos a serem alcançados com as aulas que serão ministradas;
• Conteúdo que será ministrado em cada aula, o qual deve seguir uma linha cronológica do processo de aprendizagem;
• Os procedimentos utilizados para aprendizagem dos alunos, ou seja, são as fases da aprendizagem;
• Os recursos que serão utilizados para alcançar os objetivos;
• E, por último, as metodologias de avaliação, ou seja, as técnicas avaliativas que o professor utilizará para avaliar o aprendizado do educando.

Na elaboração de um plano de aula devem ser considerados vários pontos e critérios que unidos especificam quais os objetivos finais o professor espera alcançar no decorrer da explicação dos conteúdos. Os critérios que o professor deve estar atento durante a confecção de seu plano de aula são:

• Adequação dos estímulos;
• Especificação operacional;
• Estrutura flexível;
• Ordenação.

Estrutura do plano

1 – O tema abordado: o assunto, o conteúdo a ser trabalhado;

2 – Data e Horário;

3 – A justificativa: o motivo de se trabalhar determinado assunto;

4 – Os objetivos gerais a serem alcançados: o que os alunos irão conseguir atingir com esse trabalho; com o estudo desse tema;

5 – Os objetivos específicos: relacionados a cada uma das etapas de desenvolvimento do trabalho;

6 – Conteúdos: Enumere aqui os objetivos desta aula, ressaltando o que se espera que o aluno seja capaz de realizar utilizando os conhecimentos obtidos;

7 – Material Utilizado: Relacione aqui todo o material que servirá de apoio à preparação e à execução da aula, incluindo software, apostilas, endereços na Internet, etc...

8 – As etapas previstas: mais precisamente uma previsão de tempo, onde o professor organiza tudo que for trabalhado em pequenas etapas;

9 – A metodologia que o professor usará: a forma como irá trabalhar, os recursos didáticos que auxiliarão a promover o aprendizado e a circulação do conhecimento no plano da sala de aula;

10 – A avaliação: a forma como o professor irá avaliar, se em prova escrita, participação do aluno, trabalhos, pesquisas, tarefas de casa, etc.

11 – A bibliografia: todo o material que o professor utilizou para fazer o seu planejamento. É importante tê-los em mãos, pois caso os alunos precisem ou apresentem interesse, terá como passar as informações.

Cada um desses aspectos irá depender das intenções do professor, sendo que este poderá fazer combinados prévios com os alunos, sobre cada um deles.